“Arte e Ato”.

Começou em tom fúnebre, mas divertido, o 1.º Encontro de Teatro Amador “Arte e Ato”. Iniciativa promovida pela Associação Social e Cultural “Vai Avante”, este encontro de teatro amador (luso-galaico) arrancou, no dia 21 de Maio, com a apresentação da peça “A birra do morto” – apresentada pelo Grupo de Teatro da associação promotora do encontro.


Maio e Junho foram os meses escolhidos para a realização do 1.º Encontro de Teatro Amador “Arte e Ato”. A iniciativa, promovida pela Associação Social e Cultural “Vai Avante”, trará até ao palco do Auditório Municipal de Gondomar um total de quatro grupos.


Nesta que é uma iniciativa de cariz luso-galaico, participam grupos de teatro amadores de Gondomar, Viseu, Gaia e Galiza (Espanha). O “Arte e Ato” conta, entre outros, com os apoios da Câmara Municipal de Gondomar, da Junta de Freguesia de S. Pedro da Cova, da Fundação Inatel e, ainda, do Instituto Português da Juventude.

No dia 21 de Maio, com o Auditório Municipal de Gondomar repleto, coube à Associação “Vai Avante” levar a palco a peça “A birra do morto”. O encontro prossegue a 28 de Maio com o Teatro Experimental de Mortágua e a peça “O pecado de João Agonia”. Já em Junho, nos dias 4 e 11, haverá oportunidade de ver “Asamblea de Mujeres”, pela “La Caja de Pandora”, e a terminar o “Arte e Ato” sobe ao palco “Médico à força”, apresentado por “Os Plebeus Avintenses”.

Esta é, como frisou o Presidente da Direcção da Associação Social “Vai Avante”, Fernando Duarte, “uma das nossas mais recentes apostas”. A criação de um grupo Teatro tem sido, nos últimos tempos, uma das mais relevantes actividades na Associação “Vai Avante”. O responsável pela colectividade de S. Pedro da Cova destacou, antes da abertura do certame, que “o Grupo de Teatro é um dos nossos mais recentes sucessos, não só pela qualidade do trabalho apresentado mas, principalmente, pelas novas dinâmicas que trouxe até à nossa instituição”.

Com a realização do “Arte e Ato”, 1.º Encontro de Teatro Amador Luso-Galaico, a Associação “Vai Avante” pretende proporcionar divulgação pública ao seu grupo de teatro. E, ao mesmo tempo, partilhar esse palco – e o público – com outros grupos de teatro amador (de Portugal e de Espanha). Com um Auditório Municipal repleto, ficou cumprido um dos anseios da Associação “Vai Avante”.

Sem comentários: