Por amor, com amor. (26) Para quem, alguém sabe.

Por ela passei, não a conheci
Chamou por meu nome, até tremi
Quando sua voz ouvi
Não podia acreditar, era ela

Sem saber bem o que dizer
Só queria ficar a olhar
E ao mesmo tempo tudo falar

Para quem nunca pensou
Que me fosse perdoar
Estava ela ali a me cumprimentar

Podia passar, não me ligar
Merecia eu isso e muito mais
Mas comigo falou, meu coração parou.

1 comentário:

Uma aprendiz disse...

Que lindo.

Parabéns!

beijos