Obras do Novo Quartel dos Bombeiros da Areosa avançam a bom ritmo.

Estão a avançar, a bom ritmo, as obras de construção do novo Quartel dos Bombeiros Voluntários da Areosa. Esta era uma obra que há já alguns anos era necessária para esta corporação. E, por tal, a Câmara Municipal de Gondomar doou o terreno – com uma área aproximada de 5.000 metros quadrados (e avaliado em cerca de 350.000 euros).

A obra representa, para a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Areosa, um investimento de 900.000 euros – comparticipada por verbas do QREN.

Já estão em curso, e avançam a bom ritmo, as obras de construção do novo Quartel dos Bombeiros Voluntários da Areosa (Rio Tinto). Localizado na Rua das Searas, este novo equipamento vai substituir o actual Quartel, que se situa junto ao Mercado da Areosa.

Esta mudança, além de permitir novas condições de funcionamento, também tornará o novo Quartel mais central para o apoio às freguesias de Rio Tinto e Baguim do Monte. Esta nova localização permitirá ganhos médios de seis minutos nos tempos de chegada dos veículos de socorro.
O novo edifício, mais moderno e funcional, terá um custo próximo dos 900.000 euros (dos quais 609.000 são comparticipados pelo QREN). Segundo os responsáveis pela Corporação de Bombeiros da Areosa, está previsto que o novo Quartel inicie o funcionamento ainda durante o ano de 2010.
Com o novo quartel surgirá, de igual forma, um novo arruamento na zona. Este novo acesso, que será construído pela Câmara de Gondomar, permitirá a ligação à Avenida Dr. Francisco Sá Carneiro (num acesso mais directo e com melhores condições de circulação para as viaturas pesadas de combate a incêndios).
Esta obra surge da vontade partilhada da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Areosa, da Câmara Municipal de Gondomar e ainda da Junta de Freguesia de Rio Tinto. Para Marco Martins, Presidente da Junta de Rio Tinto, esta era “uma situação que há cerca de 15 anos exigia resolução”. E, resultado de uma postura de entendimento, surgiu a nova localização, a doação do terreno, a elaboração do projecto e o financiamento junto do QREN. Será de destacar que todo este processo se desenvolveu no curto espaço de dois anos.
Há ainda que recordar que a escritura de doação do terreno realizou-se em Setembro de 2009, sendo assinada, na ocasião, pelo Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Maj. Valentim Loureiro, e por António Maranho, responsável pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Areosa (Rio Tinto).
Valentim Loureiro, Presidente da Câmara Municipal de Gondomar, referiu a propósito da doação do terreno aos “Soldados da Paz” da Areosa que “é público o excelente relacionamento institucional desta autarquia com todas as corporações do concelho, assim como Gondomar é apontado como um exemplo nas políticas de apoio aos bombeiros”, razão que justifica a decisão da Autarquia na cedência do espaço. E, realçou o Presidente da Câmara, “é de todo relevante dar o devido destaque às crianças, jovens, homens e mulheres que fazem do voluntariado uma missão de vida”.
“O trabalho dos bombeiros será sempre um factor prioritário para a Câmara Municipal de Gondomar”, destacou o Maj. Valentim Loureiro, acrescentando que “a gestão do concelho, ou do país, será tanto melhor quanto o forem igualmente boas e com capacidade as associações de bombeiros locais”.
Há que recordar que, para além de apoios pontuais solicitados, a Câmara Municipal de Gondomar destina a cada uma das cinco corporações concelhias, anualmente, uma verba superior a 100 mil euros.
Refira-se que o Município de Gondomar é, apontado, a nível nacional, como o que mais (e melhores) apoios presta aos “Soldados da Paz”.

2 comentários:

Rui Barbosa disse...

É bom que esteja de volta. A vida continua. Para o melhor e para o pior.
Um abraço de solidariedade e, principalmente, compreensão pelo que passou/está a passar.

Daniel Fernandes disse...

Muito obrigado pelo apoio.
Mesmo.