Leões Valboenses assinalam 56 anos de actividade.

Foto: Gabinete de Imprensa CMG

Julho e Agosto são os meses durante os quais a Associação Leões Valboenses assinala a passagem do seu 56.º aniversário. Com um vasto programa de actividades (passando pelo desporto, convívio e cultura), a colectividade de Valbom demonstra, assim, a pujança e dinamismo que a caracterizaram nos mais recentes anos.
No dia 17 de Julho, na sua Sede Social, assinalaram, com uma sessão solene, o dia de aniversário.


Cultura, desporto e convívio – para além da tradicional sessão solene – marcam os 56 anos dos Leões Valboenses Futebol Clube. A colectividade de Valbom, que tem, nestes últimos anos, passado por uma fase de especial dinamismo, quis assinalar, de forma condigna, esta data.
A 17 de Julho, na sua Sede Social, realizaram a sessão solene do 56.º aniversário. Foram muitos os convidados e, refira-se, ainda mais as presenças. O evento, que contou com a presença do sócio n.º 1 dos Leões Valboenses FC, serviu também para a entrega de lembranças aos associados que completavam 25 e 50 anos de ligação à colectividade. De igual forma foram homenageadas as equipas de Futsal dos Leões Valboenses (pelas prestações desportivas na época que findou).
A alteração dos Estatutos da colectividade foi o principal assunto em destaque. Um sinal de modernidade e que traduz uma perspectiva de futura para a colectividade de Valbom – referiram os responsáveis pela Assembleia Geral, Conselho Fiscal e Direcção dos Leões.
Paulo Pascoal, Presidente da Direcção dos Leões Valboenses Futebol Clube, destacou que “esta é uma colectividade com obra feita mas, principalmente, que apresenta projectos para o futuro”. A Federação das Colectividades de Gondomar e a congénere do Porto fizeram-se representar no acto. Assim como a Associação de Futebol do Porto.
Para José Gonçalves, Presidente da Junta de Freguesia de Valbom, “analisar os últimos anos de actividade desta associação só nos pode levar a ficar muito satisfeitos, tal tem sido a diversidade de iniciativas e, acima de tudo, a capacidade de trabalho dos seus dirigentes e associados”. Na opinião de José Gonçalves, “mais gratificante do que as eventuais vitórias desportivas que consigam, é a divulgação dos valores do associativismo e a formação cívica das camadas mais jovens”.
A Câmara Municipal de Gondomar fez-se representar nesta cerimónia pelo Vereador do Pelouro de Educação e Cultura, Fernando Paulo. Relembrando e elogiando aqueles que há 56 anos decidiram fundar o clube – tanto mais que a seu lado Fernando Paulo tinha o sócio n.º 1 –, o Vereador da Câmara destacou que “esta é uma associação com capacidade de realização e de revitalização”. Sobre a actividade dos últimos anos, Fernando Paulo referiu que “souberam ser dignos da confiança que a Câmara Municipal de Gondomar depositou no clube aquando da ‘entrega’ da nova Sede Social”. “Demonstraram que são capazes, e esse é um factor fundamental para o crescimento do movimento associativo”, frisou Fernando Paulo.
Quase no final da cerimónia, e por iniciativa de sócios e dirigentes dos Leões Valboenses, foi feita uma homenagem especial ao actual Presidente da Direcção do clube, Paulo Pascoal, pela dedicação, empenho e dinamização que tem conseguido para a associação. Depois das intervenções formais a festa continuou já na zona exterior da colectividade (com os “Parabéns” à colectividade, o bolo de aniversário e um convívio entre dirigentes e associados).

Sem comentários: