Gondomar Campeão Distrital de Futebol de Rua.

Duas vitórias consagraram a equipa de Gondomar (Centro Lúdico Municipal de S. Pedro da Cova) como Campeã Distrital de Futebol de Rua. Agora, e à semelhança do sucesso de anos anteriores, segue-se a disputa do título nacional.

A equipa gondomarense é composta por elementos que integram o Projecto “Animar para Capacitar” – desenvolvido no âmbito do “Programa Escolhas” (4.ª Geração).


O Concelho de Gondomar venceu, no dia 29 de Maio, o Campeonato Distrital de Futebol de Rua e apurou-se para a final do Torneio organizado pela “Associação Cais”. Os jovens Gondomarenses – a maior parte frequentadora do Centro Lúdico Municipal de S. Pedro da Cova – deram continuidade aos sucessos de anos anteriores. Recorde-se, por exemplo, que, em 2009, Bruno Silva foi seleccionado para representar a Selecção Nacional no Mundial de Futebol de Rua que decorreu em Milão. E, em 2008, a equipa de Gondomar foi Campeã Nacional de Futebol de Rua.

A campanha vitoriosa do Gondomar no Distrital deu-se a dois tempos. O primeiro “embate” colocou a formação Gondomarense contra a equipa “Mais Jovem” (de Gaia). No Campo da Micha (junto ao Cais de Gaia), os comandados de Jorge Martins e Artur Sousa conseguiram uma goleada expressiva. O resultado de 5-0 foi uma auspiciosa entrada no torneio. “Dominámos o jogo e a posse de bola reflectiu-se em cinco golos sem resposta!”, resumiu Artur Sousa, treinador-adjunto.
A segunda partida foi contra o “Poder para Reagir” (Porto). Novamente no Campo da Micha, Gondomar somou outra vitória (por 2-0) que implicou o triunfo no Distrital e o consequente apuramento para o Torneio Nacional, a disputar em Julho, em Lisboa. “Não fomos tão assertivos e falhámos muitos golos. Mas pressionámos a equipa adversária ‘às cordas’ e, com a nossa posse de bola, concretizámos nova vitória. O primeiro golo foi um autêntico ‘tiro’ de Adão Pinto e o segundo foi um ‘toque e foge’ entre David Rocha e Adão Pinto. Agora, temos como meta o Nacional, que já vencemos em 2008”, adiantou Artur Sousa.

Sem comentários: