Cinco mulheres mortas pelos companheiros em 10 dias.

Cinco mulheres mortas pelos companheiros em 10 dias.
Foi com esta notícia que comecei a ler o JN hoje dia 24/11/09.
Além de ser o tipo de noticia que nunca deveria de ser verdade, choca-me que algumas das vitimas já tivessem alertado as autoridades, que por causa da burocracia, nunca chegam a tempo.
Porque depois segue para a PJ e depois é que se investiga e entretanto as mulheres são assassinadas
Para que queremos nós uma policia assim?
Não deveria a própria PSP ter tomado uma atitude?
Se não tomou dói por causa da burocracia?
O certo é que das 25 mulheres assassinadas só este na, grande parte já tinha feito participação nas entidades policiais.
Temos de acabar com toda a burocracia quando estão em risco vidas humanas.
Mas não quero com isto que acabei de escrever, colocar a culpa na policia.
Muito pelo contrário.
Acredito que estas mulheres têm de ter mais protecção e que acreditem nelas quando fazem participações deste tipo.
Quanto aos culpados as penas têm de ser mais duras, pois afinal ainda corremos o risco de depois de serem libertados, isto se cumprirem pena, que volte a acontecer.
Quanto ás mulheres que têm passado por isto, DENUNCIEM E NÃO SE CALEM.

Aumentos

"O governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio admitiu hoje que o aumento dos salários para 2010 deverá situar-se na ordem de 1 a 1,5 por cento."

Fonte: Público.

Agora pergunto eu, se este senhor ganha-se o salário mínimo teria a mesma opinião?
Como pode alguém que ganha como ele ganha, fora os benefícios que tem, fruto do cargo que ocupa, dizer que só poderá haver aumentos de 1 a 1,5 por cento?

II Encontro das Associações de Pais de Gondomar.


Este encontro, vem permitir às nossas Ap’s não só de Gondomar como de outras cidades que já marcaram presença, a partilha de informação, maneiras de trabalhar, como incentivar os pais a participar na Escola dos seus filhos, ajudar os pais que dão do seu tempo ao MAP (Movimento Associativo de Pais), como fazer os novos pais que nunca participaram numa Ap e os ajudar a se integrarem no Movimento Associativo.
Por isso tudo é importante participar nestes encontros, que nos ajudam a crescer e a darmos um contributo válido no trabalho a que nos propomos a fazer.
Assim vem esta Ap reforçar o convite feito pela FAPAG a quem está a ler esta mensagem a vir também participar neste encontro que se realiza este sábado dia 21/11/2009.
Sairemos todos desse encontro com mais conhecimentos e melhor preparados para este caminho que nem sempre é fácil de percorrer, mas é gratificante fazer pelas escolas dos nossos filhos o nosso melhor e com isso contribuir para uma melhor Escola.

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 33/2009 de 14 de Julho.

Estejam atentos quando levarem alguém ao hospital.
Não vos poderem negar entrarem com o doente no serviço de urgência.
ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Lei n.º 33/2009
de 14 de Julho

Direito de acompanhamento dos utentes dos serviços
de urgência do Serviço Nacional de Saúde (SNS)
A Assembleia da República decreta, nos termos da
alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte:

Artigo 1.º
Direito de acompanhamento
É reconhecido e garantido a todo o cidadão admitido
num serviço de urgência do Serviço Nacional de Saúde
(SNS) o direito de acompanhamento por uma pessoa indicada
nos termos do artigo 2.º

Artigo 2.º
Acompanhante
1 — Todo o cidadão admitido num serviço de urgência
tem direito a ser acompanhado por uma pessoa por si
indicada e deve ser informado desse direito na admissão
pelo serviço.
2 — Os serviços de urgência devem, através de serviços
técnicos adequados, promover o direito referido no número
anterior sempre que a situação clínica do doente não permita
a declaração da sua vontade, podendo para esse efeito
os serviços solicitar a demonstração do parentesco ou da
relação com o paciente invocados pelo acompanhante, mas
não podem impedir o acompanhamento.

Obter Número de Identificação na Segurança Social.

Obtenha aqui o seu novo número de onze dígitos e dos seus filhos para poder entregar na sua Escola.

Basta inserir o número antigo e depois o site dá-lhe o novo.

Hiperligação: http://www2.seg-social.pt/app/novoniss/default.asp

Parabéns á nossa Selecção.



Parabéns á nossa Selecção.
Estamos mais uma vez num Mundial.

“Vai parar” o segundo ciclo de avaliação docente.

“O secretário-geral da Federação Nacional de Professores, Mário Nogueira, confirmou hoje que o Ministério da Educação “vai parar” o segundo ciclo de avaliação docente até à aprovação de novas regras, o que significa que o modelo em vigor acabou.”
Esta notícia vem no site do jornal Público.
Não sei se é verdade ou não mas se for espero que se era este o motivo de tanta discórdia, que agora haja paz para que os Docentes façam um bom trabalho.

As escutas e as fugas de informação.

" A questão mais importante para mim é saber se, durante meses a fio, fui escutado, com as conversas a serem transcritas e gravadas, e se isso é legal e possível ser feito num Estado de Direito", sublinhou o nosso Primeiro Ministro.

Agora independentemente de tudo o resto, eu também gostaria de saber se qualquer um pode fazer escutas e quem nos garante que essas pessoas que ouvem as conversas não passam as informações para terceiros tipo a comunicação social e se não será dai que temos fugas de informação.
É o Presidente da Republica a ser escutado, é o Primeiro Ministro, enfim são todos a serem escutados.
Então e os assuntos de Estado como ficam?
Segredos que são de Estado não deveriam estar vulneráveis como estão.
Agora escuta-se tudo e todos e depois existem as fugas de informação de coisas que só quem escutou sabia.
Porque será?

Inscrições para adquirir Magalhães começam na próxima semana.

O secretário de Estado da Educação anunciou que a partir da próxima semana os alunos do 1.º ano do ensino básico poderão inscrever-se para adquirir o computador Magalhães.
"O programa [e-escolinhas, de aquisição do Magalhães] não foi suspenso, está em curso, e na próxima semana serão abertas as inscrições para os alunos do 1.º ano", disse João da Mata.
O secretário de Estado, que falava esta manhã aos jornalistas à margem da Cimeira Internacional de eLearning, que decorre no Porto, referiu que, "em princípio", irá manter-se o mesmo computador e este será distribuído aos alunos "nas mesmas condições" do ano lectivo anterior.
"Em princípio, mantém-se o mesmo computador. Ainda haverá acertos a fazer, estão a ser analisadas todas as condições", frisou, garantindo que os erros e falhas relacionados com o Magalhães foram "resolvidos em devido tempo".
Questionado se os estabelecimentos de ensino já tinham conhecimento da continuidade do programa, o governante afirmou que "as escolas terão essa informação".

Fonte: JN

Dá que pensar.

Um homem encontra sempre caminhos.

Autor: O meu filho de quase 9 anos de idade e que me fez pensar.

Criança agredida na escola sem auxílio (6 anos apenas).

Atenção que este artigo não se refere a todos os Docentes em geral.
Apenas aos que ainda têm más práticas o que felizmente são já muito poucos.


Novamente uma criança foi agredida por um colega e novamente a Escola não presta apoio à criança agredida dando apenas gelo para colocar na ferida.
Isto novamente numa EB/1.
Já é difícil para uma criança o entrar num mundo novo chamado Escola, ainda mais quando muitas delas nem um infantário frequentaram, e sendo agredidas poucos dias depois de entrar nesse mundo novo não é o que de melhor lhes podia acontecer.
Contudo na Escola EB/1 Augusto Gomes uma criança de apenas seis anos foi agredido contra a grade da Escola por outra criança do 4.º ano, tendo ficado com a boca rebentada e a única coisa que a Escola fez por essa criança foi lhe dar gelo.
Grande apoio não tem dúvida.
O gelo resolveu tudo.
Curou o miúdo, tratou do dente partido e outro dente com lesões, curou a criança do medo que tem de ir à Escola já que o agressor continua a ameaçar o agredido, enfim o gelo tratou de tudo.
Contudo a professora do agredido não lhe deu o devido socorro alegando estar na hora de almoço, e não ligou a avisar os pais porque, achava que não era grave.
Que grande Docente, burra como tudo.
Está-se mesmo a ver que não deve ser mãe.
Depois reclamam da Avaliação a que estão e muito bem sujeitos (Desde que feita por pessoas sérias).
A directora só uma semana depois falou com os pais.
Claro que é escusado dizer que mais uma vez o Agrupamento não presta declarações nem a Direcção da referida Escola aos órgãos de comunicação social, se calhar por acharem que só se iam enterrar mais nesta triste história.
E onde está a Fenprof que diz só querer a melhor Escola para os alunos?
É com Docentes assim?
Ninguém fala.
Quanto a mim um acto cobarde mas enfim.

II Encontro das Associações de Pais de Gondomar.

Porque é importante a partilha com outras Associações de Pais de do nosso trabalho em cada uma das Escolas e aprender com as boas práticas.