As responsabilidades dos pais. (2)

O compromisso que os país têm com os filhos vai muito além do que os sustentar.
Além de assegurar o sustento e o bem-estar para os nossos filhos, um dos nossos compromissos para com eles, é o do acompanhamento constante das suas vidas.
Seja com questões pessoais, escolares ou qualquer outra questão.
Se os nossos filhos não tiverem esse acompanhamento da nossa parte vá busca-lo em outras pessoas o que não será a melhor solução.
É bom e saudável que os nossos filhos tenham amizades, mas dai a ser os de fora a dar o acompanhamento que deve ser dado por nós vai uma grande diferença, pois se essa pessoa dá um passo errado, leva junto os nossos filhos.
Nós, pais, temos obrigação de sermos os melhores amigos dos nossos filhos.
Para que nos tomem como exemplo de vida e não aos de fora que hoje estão por perto mas amanha!....

A nossa Educação.

Numa altura em que são muitas as criticas ao Ministério da Educação, eis que a OCDE no seu relatório elogiou as reformas iniciadas no primeiro ciclo em 2005.
Esta é a resposta que nem precisava de ser dada, mas que acaba de ser dada por pessoas neutras ao ME.
Depois de toda a polémica desde os fechos de algumas Escolas, as AEC, enfim uma data de defeitos.Mas afinal tudo isto veio beneficiar o nosso primeiro ciclo que passou a servir de exemplo.
Claro que à coisas a melhorar, nenhum sistema é perfeito.
O relatório inclusive destaca que "A boa liderança é um passo à frente, mas nenhuma Escola é boa se não tiver bons professores".
Também refere que é preciso "encorajar a cultura da avaliação continua".
Mais refere o documento que "Soubemos que muitas vezes a carreira docente é precária.
Melhorar a qualidade dos professores é o desejo para melhorar a qualidade do ensino".
Isto tudo foi referido pelo coordenador Peter Matthews.
Estranho é vir a Fenprof dizer que "os elogios são prematuros".
Dizem eles que da maneira que as coisas estavam qualquer um fazia melhor.
Então admite a Fenprof que está a ser feito um bom trabalho, certo?
E também convém lembrar que esta entidade sindical (ou do contra) sempre foi contra muitas das medidas do Ministério da Educação.

Avaliação internacional da política educativa para o 1.º ciclo elogia as melhorias introduzidas entre 2005 e 2008

Solicitado pelo Ministério da Educação (ME), este estudo corresponde a uma avaliação intermédia, realizada durante a fase de implementação das reformas, com o objectivo de verificar se as medidas desenvolvidas estão a atingir os resultados previstos e se as estratégias adoptadas devem ser ajustadas em função da experiência.
Liderada pelo professor Peter Matthews, esta avaliação seguiu a metodologia e a abordagem que a OCDE tem utilizado para avaliar as políticas educativas em muitos países-membros, ao longo dos anos, com resultados positivos.
O relatório salienta que as medidas desenvolvidas para a reorganização do 1.º ciclo já estão a produzir resultados na melhoria dos níveis de educação básica, com um impacto positivo na vida das crianças que frequentam este nível de ensino e dos respectivos pais.
Planeadas de acordo com os exemplos de boas práticas de outros países, mas adaptadas ao contexto português, estas reformas estão a atrair um crescente interesse a nível internacional, sendo consideradas como um excelente estudo de caso sobre como desenvolver uma reforma com êxito, conseguindo melhorias efectivas nos resultados educativos.
Principais resultados
A decisão de encerrar as escolas do 1.º ciclo de pequena dimensão é considerada positiva pelos autores do estudo, que consideram os benefícios de apostar em melhores instalações e enquadramento social em escolas maiores superiores às desvantagens associadas às viagens realizadas pelas crianças.
A introdução da escola a tempo inteiro é outra das medidas consideradas positivas, enquanto resposta às necessidades das famílias, implicando a substituição dos turnos duplos pelo horário normal.
Embora estas medidas ainda estejam em fase de concretização, o estudo salienta que as maiores mudanças a nível estrutural já foram levadas a cabo, existindo indícios de que os resultados no 1.º ciclo estão a melhorar e que os alunos têm acesso a um currículo de mais qualidade.

Fonte; ME.

VERDADE AO AMANHECER.

VERDADE AO AMANHECER.
Emest Hemingway.

"Estava pois a lembrar-me de todas estas coisas de Paris, enquanto eles falavam de Londres e pensei que todos nós tínhamos tido uma juventude bastante diferente, e tínhamos muita sorte em nos darmos assim tão bem e dese-jei que G.C. não estivesse tão só à noite e que eu tinha uma sorte danada em estar casado com alguém tão encantador como Mary e que ia pôr as coisas a limpo na shamba e tentar ser um bom marido a sério."

Salgueiros 08






Este Domingo, assisti pela primeira vez a um jogo do nosso novo Salgueiral.
Foi com alegria que festejei 5 golos com meu filho também a meu lado, mais meu sobrinho.
Agora meu filho percebeu porque sou salgueirista.
E ele só tem 8 anos.
Um encontro com uma parte do estádio do Bessa lotado.
Já agora o meu obrigado ao Boavista por ter cedido o seu estádio para este jogo memorável.
Salgueiristas, estamos vivos e o meu muito obrigado a quem cuida deste blog do Salgueiros 08, http://scsalgueiros08.blogspot.com/ pois faz um excelente trabalho.

Eis umas fotos do jogo Ramaldense 0 - Salgueiros 08 5

Publicado no JN.



Este texto foi publicado no Jornal de Noticias neste Domingo, mas só parte dele.
Mais abaixo, neste blog está o texto tal e qual foi enviado e com outro titulo.
Responsabilidade Escolar.

As responsabilidades dos pais.

A Educação passa por os pais essencialmente e só depois pela Escola e nunca o contrário como muitos querem fazer passar.
Se dentro de casa, as crianças aprenderem os valores básicos da sociedade e de como estarem em sociedade, dentro das Escolas esses valores serão postos em prática, tornando o ambiente Escolar muito mais respirável, sendo que a convivência nas Escolas passa a ser de respeito mútuo entre todos os parceiros Escolares.
E tudo isso começa desde o primeiro dia de Escola, para que se criem hábitos de boa convivência.
Para isso, basta que todos se respeitem e os pais têm aqui um dever fundamental em orientar os filhos para que respeitem toda a sociedade Escolar.
Voltaremos a este assunto oportunamente.

Escrito por: Daniel Fernandes

Trio Odemira-50 anos


Há 50 anos os irmãos Carlos e Júlio Costa e José Ribeiro formaram o mais que conhecido Trio Odemira.
Cinquenta anos passaram e cada vez se tem mais prazer em ouvir a música deles.
Deixo aqui a minha homenagem e de todos os que gostam de ouvir boa música.
Espero também poder ler o livro lançado por estes excelentes cantores chamado " Trio Odemira-50 anos".
São segundo eles apenas contadas cinco por cento das enumeras aventuras por eles passadas ao longo das imensas voltas ao mundo com as suas canções.
Parabéns por as músicas que nos dão.

Responsabilidade Escolar.‏

Sempre respeitei os docentes e sempre continuarei a respeitar, pois são dignos do mesmo pelo trabalho que fazem.Li na página do leitor do JN de 21/01/09 algumas coisas que não fazem sentido.
Isto a respeito da CONFAP propor que as escolas públicas também tivessem serviços mínimos quando há greves dos docentes, medida essa que eu concordo.
Concordo porque ao contrário dos serviços de saúde que quando fazem greve informam os utentes para não irem ao engano, as finanças e até mesmo os transportes públicos, as Escolas não informam.Até nisso os docentes não são unânimes porque não falam todos a mesma língua como em todas as áreas profissionais.
Porque nas Escolas não à avisos a informar um dia antes se a Escola está em greve ou não, ou quais os docentes que fazem greve.
Ora o pré-aviso de greve que os sindicatos fazem não tem sentido nem tem validade pois quando anunciam uma greve de docentes e afinal temos docentes a trabalhar ora isso só é greve de alguns e não todos e ainda por cima geral como os sindicatos dizem.
Agora vejamos os alunos que a partir do quinto ano têm diversos docentes por dia e não sabem quais os que fazem greve, são obrigados a passar o dia na Escola e será que a cantina funciona ou que nas Escolas existem funcionários que cheguem para haver um cuidado mínimo com os alunos?
Para isso é que se fala nos serviços mínimos nas Escolas, para que os pais dos alunos que são obrigados a permanecer na Escola possam estar em segurança e alimentados, pois como sabemos só os docentes fizeram greve por isso a Responsabilidade Escolar que existe para com os alunos no horário escolar tem de ser cumprida.
E quanto a quem escreveu o artigo que diz que os pais descarregam os filhos na porta da Escola, essa espécie de pessoa lá sabe como trata os seus.
As questões são entre docentes ( funcionários do Estado) e entre entidade empregadora (Estado) não entre pais e alunos.
Aos pais apenas resta esperar que haja respeito entre todas as partes.E claro estarem descansados que enquanto haja greve os filhos não estão ao abandono.

Ministra do ME.

Frases da Ministra da Educação no Porto.

"O grande desafio que se coloca ao sistema educativo é o da qualidade e da exigência, pois só assim se pode cumprir o desafio da igualdade de oportunidades", sublinhou a governante.

Maria de Lurdes Rodrigues explicou que, hoje, o sistema educativo está marcado pelas heranças herdadas dos sistemas anteriores. "Houve uma evolução feita em contínuo, em acumulação. E enfrentar o futuro vai exigir maiores rupturas com o passado", defendeu.

Fonte: JN

Intersindical.

A Intersindical CGTP reclama 5 por cento de aumento para a função pública, mas aos seus funcionários só dará 3 por cento. Não se percebe como podemos querer como tal é possível Mexer nos bolsos dos outros é canja, mas quando chega aos deles.................

A CNIPE e Mário Nogueira

“A reunião não tranquilizou Maria José Viseu, a porta-voz da Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE), porque esta ouviu o dirigente sindical Mário Nogueira antever que os problemas nas escolas vão agudizar-se "nos momentos finais do ano lectivo".

“Da parte dos membros da comissão instaladora da CNIPE - dissidentes da CONFAP, de Albino Almeida, que se constituíram como associação, em Abril de 2008, mas não têm tido resposta aos pedidos de audiência enviados à tutela - foram postas em cima da mesa duas preocupações concretas: a eventual realização de uma greve por tempo indeterminado, ou de uma greve às avaliações e exames finais. “
“Mas, apesar do pessimismo, a antiga presidente da CONFAP - organização que Mário Nogueira colou às posições do Governo - deixou um apelo: "Coloquemos os alunos no centro das preocupações, deixemos-nos de querelas e partamos para o diálogo".
----------------------------------------------------------------------------

Esta noticia veio publicada no Jornal de Noticias de 14/01/2009.
Falo desta entrevista não para criticar a luta dos docentes mas para perguntar a esta senhora que com a CNIPE apenas veio dividir (mas pouco porque quase ninguém os ouve, nem o Governo) os encarregados de educação com a criação desta espécie de Confederação que diz ser tão independente que até parece que as outras Confederações também não o são.
Se a CONFAP tem tantos defeitos porque foi presidente da mesma?
Se o seu trabalho tem criado bases sólidas porque não temos ouvido falar da sua existência?
Para saber que existe foi preciso se reunir com uma entidade sindical.
Quanto ao “colar” da CONFAP ao Ministério da Educação, venho dizer que trabalho com a minha Ap junto da CONFAP e nunca que vi a CONFAP a querer que nos colemos ou a própria a se colar ao ME.
Quanto ao Mário Nogueira, que nem consegue levar a bom porto a luta da avaliação, será que também não está a usar esta luta para subir na política?
Com que direito o Mário Nogueira diz que a CONFAP está “colada” a posição do ME?
É por perder tempo a mais com a comunicação social que a fenprof não ganha as suas lutas.
E tenho dito.

Frio na escola motiva protestos.

Ao som de "temos frio, queremos aquecimento", centenas de alunos envergando cobertores, gorros, cachecóis e luvas manifestaram-se, na manhã desta segunda-feira, no exterior da Secundária de Vale de Cambra.

Ainda temos Escolas sem aquecimento?
Será que não há quem ofereça uns aquecedores?
Se o estado não dá, então que tal a AP da referida Escola oferecer uns?
Ou os próprios pais?
Já que o Estado não cumpre..........

Fonte: JN

Hospital de S. João exibirá nome de médicos faltosos.

Será que é desta que deixa de haver tantas faltas da parte dos médicos nos nossos hospitais?
Esta é uma medida a meu ver radical e que se calhar vai levar alguns médicos a abandonar o serviço nacional de saúde.
Mas infelizmente é uma medida a ser tomada por quem sabe.
O que quer dizer que em principio é algo que tem mesmo de ser feito por desespero de quem não tem mais medidas para acabar com os médicos faltosos.

Fonte do titulo desta noticia: JN

Entramos em 2009

Enfim passou mais um Natal, entrámos no Novo Ano de 2009 e agora é só esperar que os votos de que este ano seja melhor que o anterior se cumpram.
Passou a agitação desta época natalícia e agora comecemos o ano como desejamos na véspera.
Com vontade de fazer cumprir os desejos de nosso coração.
Até aqui chegamos e entramos, resta-nos agora seguir em frente.
Bom ano para todos.