Amar aos 40 (25)

"Pelos mares do oceano, que nos cercam por todo lado.
Pelos montes que subimos e sua beleza intransponível.
Por todas as montanhas que escalamos e ao pico chegamos.
Por todas as flores da natureza que nos embelezam os campos.
Por toda a beleza que o sol nos mostra quando nasce.
Por toda a beleza do pôr-do-sol.
Por toda a beleza das cascatas que jorram água cristalina.
Por toda a beleza da terra.
Por todo amor espalhado na terra.
Por todo carinho e ternura que existe.
Por tudo isso e muito mais que existe, eu digo que te amo."

Caldo de Nabos – saborosa tradição.


O marco de abertura deste evento gastronómico será com a actividade denominada “Caldo de Nabos, em Família”, onde uma dezena de famílias ornamenta uma “Mega Panela de Três Pernas”.

Fonte : CM-Gondomar

Como é sempre importante manter as tradições, nós estivemos lá.

Amar aos 40 (24)

Amor, desacreditado eu estava em relação ao amor, sem crença na possibilidade de haver um amor real entre duas pessoas. Sem acreditar que alguém pode-se amar outra pessoa como a si mesmo, sempre vivi desconfiado dessa palavra amor. Talvez porque nunca a tinha sentido por ninguém nem sentido que alguém o senti-se por mim. Quando esse significado da palavra amar tarda em chegar em nossas vidas, ficamos sem acreditar ser possível amar.É tarde amar e ser amado aos quarenta, mas mais vale tarde que nunca. Conhecer o amor tão tarde tem mais significado porque estamos na idade do saber o que queremos, sem olhar para trás. Apenas o que sabemos que queremos. É assim amar aos quarenta. Amar na idade certa quanto a mim. Tenho pena de não te ter conhecido mais cedo, mas tudo tem hora para acontecer. Esta foi nossa hora. Se esta historia é verifica ou apenas um conto? Que dizes amor? Conto a verdade? Ou deixo no mistério? Será que há algo para contar? Se é um conto nada há para contar. Se é verdade, como podem duas pessoas casadas contar que amam-se quando há crianças no meio? Que fazer deste nosso amor a não ser vive-lo como se o mundo acaba-se a cada dia que passa?

Amar aos 40 (23)

Meu coraçao esta feito em pedaços. Afinal nao era ela. Mas entao quem é minha amada? Sonhei casar e sempre amar e ser amado, mas casei amei e nao fui amado. Sonhei e nao fui correspondido. Aceitei e nao fui aceite. Conheci e fui um desconhecido. Correspondi e nao fui correspondido. Entras-te na minha vida e a mim deixas-te de fora. Agora estamos os dois de fora. Nao mais nos pertence-mos apesar de ainda juntos viver-mos. Ja nao ha amor a fonte que nunca jorrou secou. Agora estamos numa vida que o deixou de ser. Nao ha mais vida. Nao ha mais amor. Acabou. Agora amo quem me mostrou que os sonhos tem razao de ser. Que o amor nao é um conto como este conto. Que a vida tem vida quando amamos. Que o amor é verdadeiro quando à amor.

Amar aos 40 (22)

Depois de um dia de trabalho e saudade de te ver, eis que chega a noite.
Altura em que temos três sentimentos opostos.
Noite essa que é magica e me preenche meu ser, o meu viver e o meu amor. Sentimentos esses que me superam. O de alegria por te ver nem que seja pela Web CAM, o de saudade porque só no dia seguinte te verei novamente.
O de tristeza porque quando chego à cama não és tu que lá estas.
Queria tanto te ter junto de mim, nem que nada mais pudéssemos fazer além de trocar olhares amorosos, maliciosos, carinhos de afecto, enfim tudo que possas imaginar.
Como bom seria ter minha rainha nos seus aposentos ou nos meus se possível fosse.
Nesse dia não haveria cama, apenas uma casa a ser percorrida pelo nosso amor.
Nada mais escutávamos a não ser nossas juras de amor. Nossas palavras contando os nossos desejos.
Tudo isto à noite e na noite somos um só do outro, não somos casados nem pais de filhos, só dois amantes no auge do seu amor, no auge dos seus 40 anos de idade em que sabemos o que queremos e como queremos.
A noite somos só nos, um casal que nunca devia ter casado pois afinal éramos um do outro. Mas os filhos.........
A noite já cá esta, vamos namorar? Descansar não quero, quero te amar.
É noite, meu amor.
É a nossa altura de sermos um do outro.
Amor, já se nuvem os pássaros, o dia esta a nascer, vamos dormir como se estivéssemos juntos, na mesma cama. Boa noite amor, amo-te.

Amar aos 40 (21)

Tens sempre tempo.
Amor, não sei como fazemos mas temos sempre tempo um para o outro.
E tu, como uma boa amada tens sempre tempo para o teu amor. Sabes, tu sempre me escutas, sempre estas ai e mesmo sem obrigação dás-me atenção.
Escutas minhas magoas de juntos não podermos estar, meus desabafos de um casamento acabado que nunca devia ter começado, minhas tristezas de não ser teu de corpo mas só de alma, pois é muita a distancia e a situação que nos separa.
Ambos casados mas só felizes quando nos encontramos no dia 29 do mes perfeito do ano que ainda estamos, na noite em que nos encontramos num PC chocamos um com o outro e depois de ver nossos rostos nunca mais nos deixamos.
Falamos, conhecemo-nos e entendemo-nos.
Sem contacto físico e só a falarmos um com o outro fomos tendo conhecimento do que era afinal o amor.
E tu sempre com tempo para mim, tal como a esposa perfeita que eu não tenho, mas que ao mesmo tempo tu és.
Porque amar é estar lá onde nos precisamos e quando precisamos.
Não só quando somos precisos.
Tu tens sempre tempo.
Tempo para escutar, para ser escutada. Para amar e ser amada.
Tempo para dizeres; estou aqui, e para me teres aqui.
Tens sempre tempo.

Amar aos 40 (20)

O coração bate, esta quase.
Sinto o meu coração a chamar por sua dona.
Ele chama por ti.
Sabe que em breve, estaremos juntos ainda que longe um do outro.
Separados por centenas de quilómetros, a distancia parece curta quando falamos por telemóvel ou Net.
Não há distancias para nós nessas alturas.
Daqui a pouco estou contigo, bem juntinho ao meu amor através do computador. A distância impede o contacto físico, mas não o contacto do coração. Esse, está 24 horas perto de ti.
Sempre contigo no pensamento, a esperar que um dia ficaremos unidos para todo sempre.
Falamos, matamos saudades, conversamos de nosso amor, de nossos sonhos e objectivos, enfim, somos dois namorados de um amor proibido.

Amar aos 40 (19)

Posso te ligar?
Estou com saudades tuas.
Posso te ligar meu amor?
Preciso de ouvir tua voz.
Preciso de sentir que estas do outro lado a me ouvir e tua voz escutar.
Tenho de te ouvir nem que seja por um segundo.
Posso te ligar?
Deixas-me te falar para meu coração ter esse consolo de ouvir
sua dona, a mulher que o tomou?
Posso te ligar, já que juntos não podemos estar?
Amor, se não te poder ligar deixa-me GRITAR para que me ouças dizer; quero-te amar para sempre meu amor.
Posso me declarar?
Posso te declarar senhora de minha vida?
Posso te ligar e dizer que dependo de ti?
Posso?
Podes atender para que tu minha rainha saibas que este teu súbito aguarda o dia em que te poderá beijar e se declarar seja onde estiver?
Eu preciso te ligar, tenho de contigo falar.
Não posso mais meu amor calar, só porque ninguém pode escutar, nosso amor proibido.
Posso ligar?
Então atende amor, atende a este meu pedido.
Que bom atendes-te, já te posso falar, que estou a me apaixonar cada vês mais por ti.
Ouvis-te meu gritar a pedir para contigo falar, num grito que vai do Norte ao Sul, do Porto a Beja, de coração a coração.
Amo-te amor, escuta-me só, eu a dizer esta palavra aos 40 anos de vida eu disse amo-te.
Palavra essa que me deste a conhecer e nem casado eu a tinha descoberto.
Amor antes que a chamada caia, escuta, eu quero-te ligar mais.
Escutar-te mais vezes, ouvir-te dizeres que me amas, mas principalmente que és feliz comigo.
A vida não nos permite estar juntos mas ainda assim amor, eu sou feliz pois temo-nos um ao outro.
Posso te mais vezes te ligar?
Posso?

Novo ano Escolar

Mais um ano escolar se inicia.
Estamos perante um ano em que inicia com muitas mudanças na maioria das escolas. Desde a passagem da gestao das escolas primarias para as camaras municipais a tantas outras mudanças, é preciso que os PEE tenham um acompanhamento ainda mais de perto junto dos seus educandos. Os PEE, as AP's e as escolas, tem oportunidade de este ano em que é dada a hipotese de todos estarmos mais inseridos na vida escolar dos nossos educandos, de fazer mais e melhor.É importante agarrar esta oportunidade.

Amar aos 40 (17)

Princesa da minha vida tu eras, encantas-me, com tua magia, personalidade e tua maneira de ser.
Cada vez mais a Princesa que eras, foi ganhando a minha vida, meu coração, meu amor e tudo em mim. Em pouco tempo, invadis-te todo meu espaço, meus sonhos, o meu pensamento. De Princesa que para mim eras, à Rainha que agora és para mim.
Rainha do meu, espero ser teu súbito, escravo do teu prazer, se para isso te podér ter em minha vida.

Amar aos 40 (18)

Amar aos 40 (18)
Quem devemos amar?
Quem um dia prometeu amar para todo sempre num altar, ou quem nos ama mesmo sem nada prometer?
Quem devemos amar?
Quem realmente amamos ou quem deveríamos amar?
É justo não amar quem nos ama porque uma aliança temos no dedo de quem demonstra não nos amar?
Quem é justo que amemos?
Quem mesmo estando a distancia demonstra mais amor por nos, ou quem mesmo estando do nosso lado esta mais distante do que quem nos ama?
Eu amo quem me demonstra amor, não quem deveria demonstrar amor.
É ser infiel?
Não.

Amar aos 40 (17) Amor de Mãe.

Amar aos 40 (17) Amor de Mãe.
Amor, vejo-te a amar e ser amada por uma criança, que te enche de felicidade. Vejo-te ser mãe na afirmação da palavra e não apenas ser. Não deste à luz para apenas dizer; Sou mãe.
Deste à luz para essa criança amar, respeitar, cuidar, ensinar os valores mais fundamentais da vida e respeita-la como criança e filha. Se todas fizessem isso.....
Tantas crianças eram bem mais felizes.
Vejo teu amor por tua filha como um amor supremo, em que ninguém toca e nosso amor é apenas um pouquinho comparado ao vosso.
Mas contente eu fico que assim seja, pois ninguém de fora pode se meter num amor tão de dentro. Ciúmes não tenho, só felicidade por vos ver felizes e vontade de um dia partilhar convosco tamanha alegria.
Lutas-te muito por essa filha, tudo fizeste para que ela viesse a este mundo para partilhares com ela o amor, carinho e felicidade que em ti transborda.
Meu amor por ti aumenta ainda mais por ver teu amor por mim e por ela.
É bonito de se ver uma filha à sua mãe dizer; Mãe eu gosto muito de ti. Mãe eu amo-te.
É lindo.
Mãe e filha a brincar e carinhos trocar.
Mãe tu és, mãe serás e como mãe tua filha te amara, e como amiga te terá.

Amar aos 40 (16)

Entrei na tua vida para te fazer feliz.
Mas acabei por dar por mim cheio de felicidade.
Entrei nos teus sonhos para te fazer teres sonhos felizes.
Mas sonhos belos a mim me deste.
Desejo-te pela manha bom dia.
Mas meu dia fica melhor ainda depois de te desejar bom dia.
Desejo que sempre estejas comigo.
E dou-me sempre contigo em meu pensamento.
Já não sei escrever sem ser a falar do nosso amor.
Só escrevo para falar de ti.

Não desistam de amar.

A quem pensa que o amor a/o abandonou, quero te dizer que será que o encontrou?
Tenho visto muitas pessoas lamentarem-se de sua sorte, dizem que não querem mais saber do amor, que só lhes trás dor.
Não façam isso.
Vale a pena procurar o amor.
O verdadeiro amor.
Se queres chorar, chora.
Se te apetece gritar, então grita, mas não te enterres junto com uma relação que não deu certo.
Não sejas um cadáver que só se esqueceu de deitar no caixão.
Deixa que a felicidade te encontre.
Não feches o coração para o amor e felicidade.
Pode demorar mas vais encontrar.
Pensas que para mim é fácil falar porque estou bem?
Sim estou bem, mas agora e já estou quase nos 40.
Porque só agora? Não sei. Mas veio na hora certa.
Por isso posso falar.
Porque já sofri, chorei, revoltei-me e dei a volta por cima. Num olhar descobri que era ela a pessoa amada. E ela descobriu-me a mim.
Não desistam por favor não caiam nessa asneira.

Amar aos 40 (15)

Derrubado eu fui.
Derrotado pelo que pensava que era o amor.
Chorava por estar só novamente, que raio de vida que de vida nada tinha.
Tanta solidão.
Nunca entendia porque não dava certo com nenhuma mulher.
Que raiva eu sentia.
Mas hoje percebo e agradeço nada ter dado certo.
Eras tu quem me havia de dar a felicidade tão pedida.
Era em ti que viria a descobrir o amor.
Agora penso; ainda bem que nunca nada data certo.
Assim pode ter o coração aberto para o amor.
Para o verdadeiro amor.
E ver que afinal a vida é Bela.

Amar aos 40 (14)

Vejo no teu olhar sinceridade de um amor verdadeiro.
Vejo no teu falar doçura de quem fala com amor.
Vejo que sabes do que falas porque sentes o que é amor verdadeiro.
Tudo isso eu vejo.
E tudo isso eu vejo na pessoa que amo e que me ama a mim.
Como poderia nao ser feliz com alguém assim?
Vejo também que assim a vida é Bela.
Amo-te meu amor, minha vida.
Sou feliz.